Follow by Email

quarta-feira, 19 de abril de 2017

PASTOR PAGAVA 50 REAIS A MENINA DE 11 ANOS EM TROCA DE SEXO

Pastor Paulo Roberto Alves, preso por exploração sexual de menores
Foto: Folha Max




Pastor é preso suspeito dar R$ 50 para menina de 11 anos em troca de sexo, diz PM

PM flagrou suspeito deixando criança e adolescente em matagal em Cuiabá. Adolescente, de 15 anos, disse que também teve relações com o pastor.




Por Denise Soares, G1 MT

13/04/2017 09h59 Atualizado 13/04/2017 17h07



Um pastor de 52 anos foi preso na noite de quarta-feira (12) suspeito de ter estuprado uma criança de 11 anos e uma adolescente, de 15, na casa dele, no Bairro Jardim Itália, em Cuiabá. Policiais militares flagraram o suspeito deixando as duas meninas perto de um matagal. As vítimas relataram que receberam R$ 150 para ter relações com o pastor.

O suspeito foi levado para a Central de Flagrantes de Cuiabá. Até a madrugada desta quinta-feira (13) ele não tinha dado depoimento às autoridades. Na maior parte do tempo em que estava na cela da delegacia, ele ficou orando de joelhos e com o corpo prostrado.

De acordo com o boletim de ocorrência da PM, os policiais acharam estranho as crianças serem deixadas sozinhas no local e fizeram a abordagem. A adolescente de 15 anos disse para a PM que conhece o pastor há alguns dias e que já teve relação sexual com ele.

Ela disse aos policiais que estava na escola quando recebeu ligações do pastor, mas não atendeu. Já em casa, no Bairro Pedra 90, localizado na região periférica de Cuiabá, ela recebeu outra ligação e atendeu. Ainda conforme relato da adolescente, o pastor disse que queria sair com ela e com a criança, que é sobrinha da adolescente.

O pastor teria insistido e buscou as duas meninas na casa da adolescente. As vítimas afirmaram à PM que foram levadas para a casa do suspeito, no Bairro Jardim Itália, onde ficaram no mesmo quarto. A adolescente afirmou à PM que o pastor teve relação sexual com a sobrinha dela.

O pastor deu R$ 100 para a adolescente e R$ 50 para a criança. Em seguida, deixou as duas meninas perto de um matagal, na região da Avenida das Torres, momento em que a viatura da PM presenciou a cena. Ainda, a adolescente diz ter recebido uma ligação do suspeito dizendo que daria R$ 200 para que ela não relatasse à PM o que havia ocorrido.

“Verificou-se que as crianças tinham acabado de participar de um programa sexual onde teriam recebido R$ 100 e R$ 50. Ele [o pastor] será indiciado pelo crime de estupro de vulnerável. As vítimas foram levadas ao IML [Instituto Médico Legal] para exames de corpo de delito”, afirmou o delegado que atendeu a ocorrência, Cláudio Vitor Freesz.

Os exames e documentação devem ser encaminhadas para a Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica). A situação em que as meninas estavam, assim como depoimento das famílias, devem ser apuradas pela delegacia especializada. O pastor foi preso na casa dele.


FONTE: G1 - http://g1.globo.com/mato-grosso/noticia/pastor-e-preso-suspeito-dar-r-50-para-menina-de-11-anos-em-troca-de-sexo.ghtml


O site MÍDIA NEWS fez matéria sobre o mesmo caso e deu até o nome do pastor, coisa que o G1 não havia feito. O delegado está investigando outros possíveis crimes praticados pelo mesmo pastor. Veja o trecho do Mídia News e o link para a matéria:


O delegado Daniel Valente, da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), vai investigar outras denúncias que dão conta de que o pastor evangélico Paulo Roberto Alves, de 52 anos, teria praticado abuso sexual contra mais crianças e adolescentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário